13. Escritor: Salvador Penga Netto

 Echaporã SP

Livro: 

O Sexto Milênio e a Miscelânea

Escritor: Salvador Penga Netto

Editora: Komedi 


"Dentre séculos e milênios, essa emissão veio a se aderir à congruência, a fim de ostentar a origem da maldade acobertada pela célula vivificante. E esse ainda não é o primeiro testamento doado a reduto, destinado a vigorar-se na presença do seu testador. O requinte será extraído da concisão, quando o próprio conclusivo nos fornecer a certeza de que o verdadeiro autor não habita na Terra.
Perante tal, a ação convergente me leva a concretizar essa confissão reverenciada, ao me ver distante da credibilidade a ser herdada.
Comandado por aflição, afirmo que essa obra escriturada foi cedida por um ser misterioso e supereminente, deslocando-se do seu plano, em favor da nação na qual resido."







O meu comentário sobre  Nilceia Gazzola
minha nota no livro é 10
recomendo que comprem.
             O livro possui uma vivacidade, nunca li algo tão concreto e ao mesmo tempo percebo que a realidade das palavras suprem a realidade da vida humana, quando o livro estava em fase de termino, tive o prazer de ler, e descobri algo bem Superior, que todos deveriam encontrar. 
          Entendo que quando tudo corre ao finito derivando a soliditude do momento, um contágio brilho assegura que retrocedemos ao principio, de onde é fulgás continuar a viver ensinando sobre o novo amanhecer. Creio que se adquirir esse livro, poderá entender o inacreditável mundo das ilimitações, respondendo muitos egos interiores.
        Não tema o desconhecido, porque o ser humano é um dos animais piores que existe,  aprenda a temer sempre o próprio ser humano, alavancando o receio de outrem, porque tudo aparenta inóspito, e nada é totalmente impuro desta gênesis.

       Saliento que quando a lua apresenta sua forma, prova que tudo é possível neste mundo onde o Soberano Pai ensina-nos diariamente a sobreviver.
Minha foto preferida da lua: Nilceia Gazzola